Amigo MAM: uma comunidade de amigos da arte

O Amigo MAM é feito para pessoas que buscam se aproximar do mam e conectar com uma comunidade engajada de pessoas que compartilham um interesse no fomento à arte e a cultura.

Buscamos fortalecer e ampliar as relações entre os membros e a instituição, reinventando possibilidades de conexão social por meio da arte e resgatando seu papel transformador.

Se tornando membro do programa, você ganha acesso a uma série de benefícios no mam e em uma rede de instituições culturais parceiras, com um convite mensal para uma programação exclusiva.


Amigos desde sempre

No início da história do MAM, havia um grupo denominado Associação de Amigos do Museu de Arte Moderna de São Paulo (AAMAM), que funcionava como um núcleo ativo e engajado na sustentação das atividades do museu.

O grupo contou com a participação de figuras como as artistas Tarsila do Amaral e Anita Malfatti, o biólogo Andre Dreyfus, um dos fundadores da genética no Brasil, e outras personalidades ativas na cena cultural da época. Historicamente, o grupo se reunia no famoso "Bar do MAM", localizado no prédio dos Diários Associados, na rua 7 de setembro, e era comandado por Francisco Luís de Almeida Salles, crítico de cinema e figura central na boemia paulistana.

Entre as décadas de 1980 e 1990, o grupo se transformou no Programa de Sócios. Desde aquela época, o MAM investiu no relacionamento com associados por meio de um programa de benefícios, atividades e comunicação dedicado e engajado especialmente para esse público.

Nosso levantamento se baseia na história dos programas associativos do museu e das atividades exercidas pelo Programa de Sócios em sua história mais recente, desde a década de 90 até os dias atuais. O novo Amigo MAM, é um movimento do museu de olhar para o passado e mirar o futuro, mantendo uma comunidade ativa de pessoas interessadas na arte e em fazer parte da história do MAM.